Home

Instalando na economia a boa semente da comunhão, destes início a uma profunda mudança no modo de ver e de viver a empresa. A empresa pode não destruir a comunhão entre as pessoas, mas também pode edificá-la, promovê-la.

Mediante a vossa vida, vós demonstrais que economia e comunhão se tornam melhores quando uma está ao lado da outra. Melhor a economia, sem dúvida, mas melhor também a comunhão, porque a comunhão espiritual dos corações é ainda mais completa quando se torna comunhão de bens, de talentos e de lucros.

Papa Francisco